Thursday, February 17, 2011

hoje vi-a...

já passava das 22h30 quando a vi, não veio por mim, veio por um homem que eu conheço...
chegou-se a ele, tirou-lhe as forças, fechou-lhe os olhos, roubou-lhe as palavras, deixou-lhe só uns sons...
tentámos afastá-la, pedimos ao homem para lutar, a ambulância trouxe o paramédico, que a fez zangar...
ela abriu muito os olhos ao homem, e contorceu-o...
quando se chamou pelo nome do homem, foi ela que respondeu, rodou-lhe a cabeça, olhou para o paramédico com os olhos arregalados, e fez um som...

hoje vi a morte, é feia...

1 comment:

ariana luna said...

[não te lia a escrever assim fazia tempo]